Imprimir
PDF
24 Abr 2018

Pontos importantes sobre o Design Responsivo

Escrito por Agata Yamashiro.

Design responsivo é importante, mas não é o começo e o fim de tudo. Saiba como!

 

De acordo com o designer/ desenvolvedor Pete Sena, da agência de marketing digital Digital Surgeons, o “Primeiro contexto”, ou o contexto de design orientado, significa deixar o conteúdo e a experiência serem ditados com base no usuário.

Coisas que devem inspirar o contexto incluem o seguinte:

 

01. Intenção

A intenção do usuário é muitas vezes o mais difícil de prever e, segundo Pete Sena, se você errar pode ser ainda mais prejudicial do que não tentar nada. Há pistas contextuais que podem ajudar a melhorar a experiência: comportamento de busca, páginas acessadas, dados coletados através das atividades do usuário e os cookies.

 

02. Largura de banda

Todos sabemos que páginas e sua velocidade de carregamento é uma parte fundamental da experiência do usuário. Quanto menos a sua experiência demandar download de arquivos comprimidos, caching e locais de armazenamento, mais rápido você pode entregar o seu conteúdo para o usuário. Numa sociedade impaciente e exigente, os usuários não vão esperar, especialmente se/quando concorrentes são capazes de oferecer uma alternativa mais rápida.

Existem aspectos da sua experiência que podem ser omitidos para oferecer uma experiência mais rápida? Dizer ao usuário que sua velocidade de conexão é lenta ou ‘impor’ um conteúdo não-HD, por exemplo, pode ser melhor do que uma barra de carregamento. Todavia não force isso, mas dê ao usuário uma opção que faça sentido.

 

03. Dispositivo e suporte

Detectar pontos sensíveis para determinar se os usuários estão em um tablet ou laptop é apenas o começo. Usuários de hoje são como flocos de neve, embora nenhum usuário seja o mesmo, umaboa experiência agrada a qualquer usuário. Resoluções de tela, dimensões, suporte de entrada e capacidade do dispositivo também devem ser consideradas para auxiliar no desenvolvimento e proporcionar uma experiência cada vez melhor.

À medida que avançar, deve-se pensar em todas as outras interações que serão utilizados e esperadas por um usuário. Inserir um elemento surpresa em comportamentos que são esperados pode ajudar a manter e encantar o usuário.

04. Nível da Bateria

O descarregamento de baterias é um problema real. Centrais de carregamento e cases não estão resolvendo todos os problemas. Saber que o usuário está com pouca bateria e ajustar-se a sua experiência, reduzindo a profundidade das cores ou download de arquivo ajuda a aumentar o seu tempo de navegação e ganhar sua atenção.

A extensão de dispositivo APIs (Application Programming Interface ou, em português, Interface de Programação de Aplicativos) com HTML5 apresenta uma nova gama de possibilidades do que poder ser inserido no browser. Codifique imagens e vídeos em formatos que aproveitam a aceleração de hardware ou reduza o tamanho do arquivo. SVG, WebP, e mp4 significa menos download, reduzindo o consumo de bateria.

 

05. Localização

Compreender a localização de um usuário pode, em muitos casos, fazer com que a proximidade conduza a sua mensagem e interface.

  • Se o usuário está há uma pequena distância de seu estabelecimento? Mostre rotas a pé para dar uma razão ou incentivá-lo a fazer uma visita, por exemplo.

  • Vai chover? Ofereça um aluguel de guarda-chuva da sua marca.

  • Você usuário pesquisou determinada palavra-chave? Altere o conteúdo primário ou guie para conteúdo específico referente a sua busca.

 

Inúmeros restaurantes e/ou marcas ganham a simpatia do público simplesmente por ter uma pequena seção que oferece respostas baseadas na palavra-chave que foi pesquisada. Não tenha medo, soluções para questões frustrantes estão disponíveis e devem ser abraçadas como maneiras de romper, surpreender e encantar o usuário.

 

E vc? Ultimamente foi positivamente surpreendido enquanto navegava ou quando comprou algo?

 

 

via. Des1gn'ON

Pontos importantes sobre o Design Responsivo

Parceiros:

ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância Revista O ABC da comunicação Blog Des1gnon
Verticall Tecnologia